Imagine que você está passeando por uma nova cidade e dá de cara com um trailer de onde sai um cheiro maravilhoso de comida fresca. É exatamente pela praticidade de encontrar uma boa refeição rápida e acessível em diferentes lugares que os food trucks ganharam cada vez mais popularidade entre os brasileiros.  Apesar da tradução literal para o português se referir à “comida de caminhão”, os food trucks nada mais são do que aqueles estabelecimentos que funcionam sob rodas, e por isso conseguem se deslocar onde está o cliente.

Os primeiros food trucks surgiram nos Estados Unidos em 1872, com a venda de tortas e sanduíches para operários de fábricas. No Brasil, de acordo com matéria na revista Época, a alternativa só se popularizou e passou a crescer verdadeiramente em 2012. Isso porque, por mais que existissem outros modelos de comida de rua, os food trucks se diferenciam por não estabelecerem um ponto fixo de atuação. Pelo contrário, a marca deste tipo de negócio é ir onde o cliente está. Com seu início aquecido em São Paulo, hoje é possível encontrar food trucks ao longo de todo o país.

O que são food trucks

A comida de rua é muito popular nas cidades brasileiras, no entanto, em teoria, é a característica da mobilidade que realmente define um food truck. ,

Além disso, esse modelo de negócios costuma ser definido por possuir um padrão no modo de prestar o serviço, que vai desde o atendimento, até o cuidado com as embalagens e produtos oferecidos. Também é preciso mencionar um investimento maior em marketing, que vai desde a elaboração de identidade visual, a todo um conceito de serviço e qualidade por trás.  

Além disso, é importante ressaltar que o modelo de food truck possui uma regulamentação (muito atenta a aspectos sanitários e de higiene) que especifica, dentre outros aspectos, dimensões de tamanho e de depósito dos alimentos. Além disso, os food trucks também se diferenciam pelo tipo de comida produzida, que em geral, pode apresentar ofertas mais sofisticadas e elaboradas do que os tradicionais carros de comida de rua.

No entanto, a legislação que especifica o funcionamento desse tipo de negócio é de esfera municipal, e pode variar de acordo com as regras definidas em cada cidade a partir da utilização do espaço público.

• Quais são e como funcionam os modelos de food truck 

Como você viu anteriormente, os food trucks entregam um conceito um pouco diferente da comida de rua. Apesar de algumas pessoas considerarem esse movimento uma tentativa de “gourmetizar” a comida de rua, a profissionalização desse serviço tem tentado ressaltar que a grande diferença está na proposta e na qualidade entregue ao cliente.

Se no primeiro momento as pessoas associavam esses estabelecimentos à comida barata, hoje já se sabe que existem muitas propostas de alta gastronomia funcionando sob rodas, e que diversificam a experiência de comer bem.

Neste caso, não é raro que chefs de cozinha liderem a produção dos food trucks, e ofereçam assim um verdadeiro show aos clientes que assistem a preparação da comida. Tal qual um balé realizado com as mãos, ver de pertinho o chef preparando a comida cria uma nova experiência para quem consome comida nas ruas.

• Franquias

Independente do tipo de food truck que você tenha (hambúrgueres, comida mexicana, fit, doceria), é preciso conhecer os modelos de negócio que existem para esse mercado. 

Nesse sentido, as franquias também competem pelo espaço dos food trucks, e algumas conquistam muitos clientes pelo mundo. Para entender mais sobre o modelo de franquias, confira as vantagens e desvantagens.

• Aluguel

Também é possível trabalhar com um modelo de aluguel de food truck. Neste caso, é possível alugar só a infra estrutura do food truck e realizar o seu próprio projeto, com cardápio e proposta desenvolvidos por você. Esta é uma boa opção para quem ainda não possui capital o suficiente para investir em um food truck próprio, mas pode começar sentindo o aquecimento do mercado, testando cardápios e combinações.

• Negócios próprios

No caso dos modelos próprios, todo o investimento é realizado pelo dono do food truck. Assim, desde a infra-estrutura ao cardápio e funcionários, tudo faz parte da responsabilidade do proprietário, que também tem mais autonomia para deixar o negócio funcionando o mais próximo do que idealizou.

Quais são as vantagens de investir nesse modelo de negócio?

Ao conferir os detalhes do modelo de food truck, é possível perceber algumas vantagens de quem decide investir nele. Aqui, falaremos sobre as três principais características que geralmente são ressaltadas por quem trabalha com este tipo de negócio.

Mobilidade

Talvez seja a vantagem competitiva mais expressiva dos food trucks: ir aonde o cliente está. Isso significa um melhor aproveitamento de eventos e épocas em que as cidades estão cheias, temporadas de férias e outras datas comemorativas. 

Em alguns casos, é possível ainda negociar com os organizadores de evento para que seu negócio participe integralmente do evento, reduzindo a concorrência e aumentando muito o seu faturamento.

Preço

Diferente de um investimento em um imóvel preparado para ser um restaurante, bar ou hamburgueria, o food truck apresenta um custo de investimento bem menor, por compactar a estrutura de produção. Em 2015, esse investimento poderia variar de R$ 50 a 70 mil, ou chegar a R$ 200 dependendo da tecnologia utilizada. Atualmente, ainda é possível encontrar preços interessantes para o investimento, especialmente pela popularização do negócio.

Equipe enxuta

Muitos restaurantes e bares precisam realizar um grande investimento na equipe para dar conta de um bom atendimento no salão. Para ter tudo regularizado e funcionando corretamente, isso significa uma folha de pagamento alta, na qual o proprietário precisa estar preparado para o investimento.

Sendo assim, um dos grandes benefícios do food truck é permitir a contratação de uma equipe bem mais enxuta. Isso ocorre porque, a maior parte dos processos de preparação da comida nesses estabelecimentos ocorre em etapas, de modo que o grosso da produção pode estar já preparado quando o trailer começa a funcionar. 

Com a pandemia de Covid-19, esse modelo de negócio passou a investir também em alternativas de entrega, para continuar levando seus serviços ao máximo de clientes possíveis. 

Para conhecer outros modelos de negócio e alternativas para acessar cada vez mais clientes, acompanhe o blog da DeliveryVIP.

Leia mais:

Delivery de bares e restaurantes: como superá-los com DeliveryVip 

Limpeza e organização: como evitar contaminação no seu restaurante 

Como um sistema pode ajudar a reduzir problemas com erros de pedidos 

___________________________________________________________

0 CommentsComentários fechados

Leave a comment

DeliveryVIP © Copyright 2022. Todos direitos reservados.